Hospital de Olhos Santa Luzia inaugura centro de excelência em retina e vítreo



Conhecido como um dos maiores centros de saúde do País, o Recife agora conta um espaço de excelência no diagnóstico e tratamento de doenças da visão: o Centro de Diagnóstico de Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Santa Luzia, que reúne equipamentos de última geração, especialistas altamente qualificados e atendimento humanizado. Pelo seu grau de excelência, com profissionais com formação nacional e internacional, o Centro é capacitado pela Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo para formação de especialistas em doenças da retina.

Um dos destaques na área da tecnologia é o OCT-Angiography da Heidelberg, o único aparelho desta marca no Norte e Nordeste, que oferece alta definição para diagnostico precoce de doenças da retina. “Com este equipamento é possível realizar tomografia da retina, além de estudar a microcirculação retiniana, sem uso de contraste venoso, algumas vezes contraindicado para alguns pacientes. É um exame rápido e indolor, evitando possibilidade de efeitos adversos com o contraste. E o diagnóstico é mais preciso”, explica a oftalmologista Fabiana da Fonte, uma das especialistas responsáveis pelo Centro de Diagnóstico de Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Santa Luzia.

Nos casos em que é preciso usar o exame mais tradicional de angiografia, com contraste (com a fluoresceína ou indocianina verde), o Centro dispõe de um angiógrafo, também da marca Heidelberg. Este aparelho tem uma lente de grande angular, muito moderna, que é capaz de fazer uma imagem de praticamente toda a retina, inclusive da sua parte mais periférica, o que os aparelhos comuns não fazem. Desse modo, é possível fazer diagnóstico completo da retina, inclusive da sua periferia.

Outro diferencial do Centro é que os exames de contraste são feitos numa sala ao lado do Centro Cirúrgico, tendo um anestesista disponível para cuidar de qualquer intercorrência que o paciente possa eventualmente ter devido ao contraste.

O Centro de Diagnóstico de Retina e Vítreo do Hospital de Olhos Santa Luzia também conta com uma das equipes de retinólogos com a maior experiência em procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos do Brasil. “É o único centro do Nordeste com especialistas que realizam 100% das cirurgias com tecnologia 27 gauge, que permite uma recuperação bem mais rápida do paciente”, diz o oftalmologista Clovis Freitas, outro especialista do Centro.

Os principais problemas da retina e vítreo são retinopatia diabética, degeneração macular relacionada a idade (DMRI) e oclusões venosas. “Devemos enfatizar a importância do acompanhamento com especialista em retina para pacientes portadores de diabetes, hipertensão arterial e acima de 60 anos. Uma vez diagnosticada precocemente a doença, eles terão melhores resultados visuais ao tratamento”, alerta Luiz Guilherme Freitas, também especialista do Centro.

Além de oferecer um tratamento humanizado, o Hospital de Olhos Santa Luzia aceita uma ampla rede de convênios. Veja outras informações e a formação acadêmica completa dos oftalmologistas responsáveis pelo Centro de Diagnóstico de Retina e Vítreo no site: www.hospitalsantaluzia.com.br.

 

Fotos em anexo (crédito:Armando Artoni)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *