Le Meurice define o cenário para La Traviata

 

 

Diz a lenda que Le Meurice foi frequentado na década de 1840 pelos amantes de Marie Duplessis, a mulher que inspirou Alexandre Dumas Filho a escrever seu famoso romance A Dama das Camélias, que por sua vez foi a inspiração por trás de Violetta, protagonista de La Traviata por Giuseppe Verdi. O renascimento de La Traviata no Palais Garnier inspirou o Le Meurice a mergulhar seus hóspedes no mundo de Violetta com uma oferta especial e repleta de brio, que é capaz de agradar os amantes da ópera.

A oferta está disponível na categoria “Suíte Superior” para que você possa escolher entre um repertório de seis categorias de suítes para sua estadia.

Ao entrar pela porta, você se sentirá instantaneamente sintonizado com a decoração cuidadosamente elaborada no palco, que alcança uma harmonia melodiosa entre o classicismo setecentista e o chique contemporâneo. Uma garrafa de champanhe, dois ingressos da categoria Optima e um programa aguardarão sua entrada.

A próxima cena desta noite lírica acontece no Palais Garnier, a poucos passos do chamado “arts hotel”, onde você se sentará para aproveitar a nova produção de La Traviata. Dirigido por Simon Stone, e as duas estrelas em ascensão do mundo da ópera realizarão este renascimento: a soprano Pretty Yende e o tenor Benjamin Bernheim.

Na manhã seguinte, reviva a memória da sua fuga operística ao longo de um delicioso café da manhã no suntuoso cenário do restaurante Le Meurice Alain Ducasse, que foi modelado diretamente no Salon de la Paix no Château de Versailles…

 

Parceiros

Coco Bambu
Caras
Beach Park
Óticas Itamaraty
Governo do Estado do Ceará
Yzzer

 

 

 

 

 

Copyright © 2006~2019 Lazaro Medeiros. Todos os direitos reservados.