I Circuito de Gastronomia e Cultura de Icapuí acontecerá no mês de dezembro

Evento é uma alternativa ao Festival da Lagosta e atende às restrições impostas às ações culturais e de entretenimento por causa da pandemia da covid-19

O tradicional Festival da Lagosta, que já conquistou os paladares de visitantes do Ceará e do vizinho Rio Grande do Norte, movimenta a economia e o turismo de Icapuí, no Litoral Leste do Estado, há 15 anos. Em 2020, por conta da pandemia da covid-19, impõem-se novos métodos de abordagem na realização de eventos, condicionados à observação dos protocolos sanitários, por isso, o Festival não pôde ser realizado. Mas, a Associação Grupo de Desenvolvimento do Turismo em Icapuí (GDTUR) promoverá o I Circuito de Gastronomia e Cultura de Icapuí, entre os dias 03 e 06 de dezembro, estreando um novo formato que deve se consolidar no calendário cultural e turístico da cidade, garantindo para Icapuí dois eventos gastronômicos por ano.

Circuito ocorrerá de forma itinerante, ou seja, os nativos e turistas irão se deslocar entre os diversos restaurantes e barracas com o intuito de degustar das diferentes formas de preparo da lagosta oferecidas. Com isso, os realizadores do evento eliminam as aglomerações, obedecendo o limite do número de pessoas permitidas em cada estabelecimento de acordo com as regras definidas nos protocolos sanitários.

“Pela tradição e importância turística e econômica do Festival da Lagosta, nós do GDTur entendemos que não podemos deixar de realizar um evento gastronômico que projete o destino Icapuí no cenário turístico. Sabendo que não será possível realizá-lo nos moldes tradicionais, quando conseguimos em algumas ocasiões reunir público de até 10 mil pessoas em shows de música à beira mar, optamos por esse novo formato e desejamos repeti-lo nos próximos anos”, explica Alcilene Beserra, presidente do GDTur. Estima-se que os 21 estabelecimentos participantes deem ocupação a cerca de 100 pessoas.

Os restaurantes ou barracas participantes oferecerão nos cardápios pratos especiais, sendo a maioria à base de lagosta. Além disso, obedecerão a uma decoração padrão que identificará de imediato para o turista a participação no circuito gastronômico. A cada prato vendido durante os quatro dias do Circuito, os estabelecimentos contribuirão com a quantia de R$2,00. O montante será convertido em cestas básicas a serem distribuídas com as comunidades carentes de Icapuí. A previsão é de que sejam consumidos entre 300kg e 400kg de lagosta durante o I Circuito de Gastronomia e Cultura de Icapuí, adquiridos junto à comunidade pesqueira de Icapuí, fomentando a economia local.

 

“Os micro e pequenos empresários da cadeia do turismo e de hospedagem, especialmente, terão uma oportunidade de melhorar o faturamento porque, com certeza, o evento atrairá um público considerável, gerando empregos diretos e indiretos, de extrema importância no processo de retomada pós-pandemia”, afirma Alcilene Beserra.

Cultura

Os estabelecimentos participantes do Circuito oferecerão ainda aos visitantes atrações culturais como exposição de fotografia, dança, música ao vivo, teatro ou mamulengo e espaços para mostra e comercialização de artesanato, como estímulo à produção local e ao empreendedorismo nessa área.

Icapuí

Icapuí é o município do extremo leste do Ceará – por isso diz-se que no Ceará o sol nasce lá primeiro – com população de cerca de 20 mil habitantes e um litoral que se estende por 65km, maior do que toda a faixa litorânea do Piauí, ponteado de dunas, mangues e o colorido de ocre e vermelho do maior conjunto de falésias da América Latina. É, por excelência, o litoral que espelha com fidelidade a Rota das Falésias.

O Circuito

I Circuito de Gastronomia e Cultura de Icapuí é uma realização da Associação Grupo de Desenvolvimento do Turismo em Icapuí (GDTUR) com o apoio Prefeitura Municipal de Icapuí, a parceria do Sebrae e o patrocínio do Banco do Nordeste.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *